A importância do licenciamento de veículos.

Nos últimos anos, a compra de carros tem crescido cada vez mais no Brasil, mas com os benefícios de ter um carro vêm também as responsabilidades. Para que sua documentação fique em ordem e você possa rodar tranquilamente, é necessário arcar com algumas obrigações financeiras anuais.

Sendo assim, os proprietários de veículos automotivos devem pagar alguns impostos como o Imposto Sobre Veículos Automotivos, IPVA, o seguro obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores de Via Terrestre, o DPVAT, que tem por objetivo proteger a vítimas de acidentes de trânsito. Só depois do pagamento dos impostos citados, o proprietário recebe o CRLV, Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo.

Continue lendo nossas próximas linhas para conferir mais detalhes sobre a importância de manter a documentação do carro em dias. Veja!

Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo (CRLV)

Como já foi mencionado, o licenciamento, somado ao IPVA e DPVAT, garantem a regularização dos veículos. O valor cobrado para obter a licença está submetida aos órgãos de trânsito estaduais, logo, cada estado conta com a sua própria especificação.

LICENCIAMENTO

O CRLV é um documento obrigatório e o proprietário do veículo precisa lembrar de deixar este documento no carro ou na carteira sempre, pois em qualquer abordagem, seja do Detran ou outro órgão que esteja autorizado a fiscalizar o trânsito, este documento precisa ser apresentado junto com a carteira de habilitação.

O documento do licenciamento deve ser renovado todos os anos e nele consta o pagamento do DPVAT. As pessoas recebem o boleto em suas residências e precisam ficar atentas ao prazo de renovação que vão depender dos números finais da placa do automóvel.

Como obter o licenciamento?

Só existe uma maneira de obter o Detran Licenciamento: pagamento a taxa de renovação anual do veículo. Para os carros novos, o documento é expedido no momento de fazer o registro, antes de fazer o emplacamento.

Para tornar a vida do proprietário de veículo mais simples, os órgãos estaduais responsáveis pelo trânsito permitem o pagamento de algumas manerias. Veja quais são:

  • Internet;
  • Presencialmente nas unidades Detran;
  • Caixas eletrônicos;
  • Agências de bancos credenciados.

Para conhecer mais detalhes, basta que você acesse o site do Detran de seu estado para conferir quais são os bancos credenciados e também como realizar o pagamento na internet. Para te auxiliar, escolhemos o site do Detran SP como exemplo e logo a seguir, você verá um passo a passo de como realizar o rastreamento do boleto no site dos Correios.

  • Passo 1: Acesse https://www.detran.sp.gov.br/wps/portal/portaldetran/cidadao/home;
  • Passo 2: Faça login com seu CPF/CNPJ e senha;
  • Passo 3: Em seguida, escolha no menu Serviços online a opção Veículos;
  • Passo 4: Agora clique em Acompanhamento de serviços de eletrônicos e logo em seguida em Licenciamento do veículo.

Detran Licenciamento

Pronto! Seguindo as orientações acima você consegue o código de rastreamento  AR do seu documento nos Correios. Com o código de rastreamento, acesse o portal dos Correios e acompanhe o envio de seu documento.

Quando o seu documento chegar, é só realizar o pagamento no banco. Veja quais são os bancos credenciados no Detran SP.

  • 001 – Banco do Brasil;
  • 033 – Banco Santander;
  • 104 – Banco CEF;
  • Casas Lotéricas – verifique limite de valor para pagamento na própria instituição;
  • 237 – Banco Bradesco 341 – Banco Itaú;
  • 389 – Banco Mercantil do Brasil – BMB;
  • 422 – Banco Safra;
  • 745 – Banco Citibank;
  • 756 – Banco Bancoob – exclusivo para cooperativas.

Caso você queira informações mais detalhadas sobre o Licenciamento como Consultas, tabelas e o contato dos Departamentos Estaduais de Trânsito do país, basta acessar o site https://www.detranlicenciamento.com.br/. Acessando este endereço você obterá as informações fundamentais para manter seu veículo com toda documentação regularizada. Lembre-se que pagar o Licenciamento em dia te livra de muitas dores de cabeça como multas, juros, entre outros problemas ainda piores como ter o carro recolhido pelo órgão responsável.

Caso você ainda tenha alguma dúvida referente ao conteúdo acima, basta deixar uma mensagem para que possamos responder o mais breve possível.

 

Scroll to top