Como se organizar melhor financeiramente – Confira!

É muito comum encontrar pessoas que possuem alguns boletos atrasados ou até mesmo outros tipos de dívidas pendentes, o que acaba causando uma grande dor de cabeça no final das contas. Este é um tipo de situação ocasionada devido a falta de uma organização financeira, este que podemos considerar um hábito de extrema importância na vida de qualquer cidadão, principalmente daqueles já começaram a ganhar dinheiro desde jovens.

Após aprender a se organizar financeiramente, a grande maioria dos seus problemas conseguem ser solucionados, e esta mudança de hábito pode acontecer a longo ou curto prazo, a depender de cada tipo de situação.

Se interessou pelo assunto e deseja saber mais? Então fique ligado nas informações que separamos a seguir, ensinando como se organizar melhor financeiramente. Aproveite as nossas dicas para se livrar de vez das suas dívidas. Vamos lá!

Separe e Analise a situação de suas dívidas

Bom, o primeiro passo a ser dado para se livrar de suas dívidas, é entender como está a situação e quais são as suas pendências. Você fazer isto fazendo anotações e separando informações como, o quanto está devendo, há quanto tempo e para quem. Lembre-se de enquadrar até os pequenos débitos.

Como se organizar financeiramente

Fazendo isto, você conseguirá entender com mais clareza o que realmente precisa ser feito, além de visualizar detalhadamente o seu quadro de pendências. Após concluir as anotações, podemos prosseguir para o seguinte passo.

Analise o seu orçamento financeiro pessoal

Esta etapa se resume basicamente em dedicar um tempo da sua rotina, para analisar o seu o quanto você ganha, em função do quanto você gasta. Deste modo, será possível encontrar possibilidades de estar quitando as suas pendências dentro de um determinado prazo. Alguns dados que podem ser listados são:

  • Ganho salarial;
  • Aluguel;
  • Vendas;
  • Dinheiro Extra;
  • Entre outros.

Depois separe também quais são os seus gastos mensais, sem esquecer de nenhum detalhe. Nesta lista pode entrar alguns itens, como:

  • Aluguel;
  • Luz;
  • Água;
  • Alimentação;
  • Outros.

Fazendo esta listagem você conseguirá enxergar com mais clareza onde pode estar cortando gastos para contribuir na quitação de dívidas maiores, além de saber também se precisará atualizar boleto vencido.

Priorize e Negocie dívidas maiores

Como se organizar financeiramente

Comece pela resolvendo a fonte maior das sua dores de cabeça, melhor dizendo, priorize dívidas no cheque especial e o rotativo do cartão de crédito, que possuem juros maiores no mercado. Por este motivo, é melhor dar prioridade à elas, antes que vire uma grande bola de neve.

E depois de saber exatamente o quanto você deve e o tempo da dívida, busque sempre maneiras de estar renegociando-a. Pergunte se há propostas de pagamento ou acordos que se encaixem com suas possibilidades financeiras. Lembre-se que uma negociação é positiva para ambas as partes, pois todo credor quer receber o valor devido.

Reorganize-se e evite fazer novas dívidas

Mesmo que você tenha sucesso na renegociação de suas dívidas, ainda não será o bastante, pois a qualquer momento novas pendências poderão surgir. Para que isto não aconteça, é necessário manter uma vida financeira devidamente regularizada, mudando alguns hábitos com relação à dinheiro.

Cortes de gastos desnecessários são sempre bem-vindos, como pagar academia e não ir, assinatura de revistas que não lê, itens supérfluos de decoração ou qualquer tipo de compra por impulso. Lembre-se também de fugir dos parcelamentos, utilizando este recurso em último caso.


Esperamos que todas as dicas mencionadas no artigo acima tenham sido de grande ajuda para você quitar as suas dívidas. Aproveite também para começar a se reorganizar financeiramente, evitando débitos futuros e dores de cabeça na sua vida.

Mas, caso tenha ficado com algum tipo de dúvida relacionada ao assunto, basta deixar um comentário abaixo e aguardar que responderemos assim que possível. Obrigado!

Scroll to top