Quem tem Direito ao PIS – Saiba mais sobre esse assunto!

É importante entender direitinho quem tem direito ao PIS para não acabar criando expectativas erradas, sabia? E é bem normal que muitas pessoas possuam dúvidas a respeito desse assunto, pois nem todo mundo tem direito a este tipo de benefício.

Para receber o PIS é necessário que as pessoas apresentem alguns requisitos que são estabelecidos pelo Governo Federal. Caso você esteja com dúvidas, fique conosco nas próximas linhas para conferir todos os detalhes a respeito do assunto. Aqui, você saberá se tem direito ao benefício e também vai conhecer como funciona o calendário PIS.

Quem Tem Direito PIS

Mas, como saber se tenho direito ao PIS? É importante que você esteja devidamente inscrito no PIS-Pasep, pelo período de no mínimo 5 anos e ainda ter seus dados atualizados.

Esses dados deverão ser atualizados por parte do empregador na Relação Anual de Informações Sociais – Rais (ano base). A seguir, confira em lista os requisitos para ter direito ao benefício.

PIS PASEP

  • Estar cadastrado no PIS há pelo menos cinco anos;
  • Ter recebido remuneração mensal média de até dois salários mínimos durante o ano-base;
  • Ter exercido atividade remunerada para Pessoa Jurídica, durante pelo menos 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração;
  • Ter seus dados informados pelo empregador (Pessoa Jurídica) corretamente na Relação Anual de Informações Sociais (RAIS).

Calendário Do PIS

O calendário do PIS-PASEP  é segmentado por duas situações distintas. A primeira para quem é correntista na Caixa Econômica Federal e a segunda para quem é correntista no Banco do Brasil!

É importante ficar atento a essa diferença do calendário para saber exatamente em quais datas o abono deverá ser pago. Isso porque o calendário PIS para quem tem conta na Caixa é feito com dois dias antes do dos demais trabalhadores.

Já no caso do calendário PASEP, a regra é diferente para quem é correntista no Banco do Brasil. Nesse caso, o crédito em conta deve ser feito contando a partir do terceiro dia útil que antecede o inicio dos períodos de pagamento.

Uma dica para não cometer enganos é guardar com você o Calendário com o ano base vigente, assim você evita esperar o crédito em um dia errado. Esse calendário pode ser consultado junto aos sites oficiais da Caixa e demais órgãos regulamentadores e são uma fonte confiável para todas as pessoas que possuem tal direito.

Como Consultar O Calendário PIS?

Para lhe ajudar a recapitular todos os detalhes que foram abordados nesse artigo confira o que é necessário na hora da consulta PISPasep:

  • A consulta do PIS deve levar em conta o calendário relacionando ao ano vigente do saque;
  • Quem é correntista da caixa deverá ter o abono creditado na sua conta com dois dias antes do dos demais trabalhadores;
  • No caso da consulta do Pasep Banco do Brasil, o correntista poderá receber no terceiro dia útil que antecede o inicio dos períodos de pagamento;
  • Para consultar o PIS você pode ir até uma agência da Caixa ou acessar o site em http://www.caixa.gov.br/Paginas/home-caixa.aspx;
  • Para consultar o PIS Pasep Banco do Brasil você também pode recorrer ao site oficial do banco do Brasil em https://www.bb.com.br.

É importante destacar que as contas do PIS que são vinculadas aos trabalhadores da iniciativa privada são totalmente administradas por parte da Caixa Econômica Federal. Isso que dizer que você obter informações diretamente nas agências da própria Caixa ou, se quiser atribuir mais comodidade para sua rotina, acessar o site do banco: www.caixa.gov.br/cotaspis e aí é só consultar o PIS.

PIS 1

Para tanto você deverá consultar o NIS com o número dele em mãos e seguir todas as orientações que serão fornecidas pelo sistema. Fique tranquilo, pois as orientações são bem precisas e fáceis de serem seguidas.

Já no caso do PASEP, que é proveniente aos servidores públicos, toda a administração é realizada por parte do Banco do Brasil, e é diretamente na instituição que os trabalhadores devem recorrer a informações. O banco também permite esse tipo de consulta por meio do CPF – para tanto, basta acessar também o site e seguir as orientações que forem destacadas.

Quem não é correntista da Caixa e ainda chegou a receber o valor de até 1,5 mil poderá também ter acesso ao beneficio.

Uma dica importante: em qualquer um dos casos citados acima, é importante possuir o cartão cidadão e ir até um terminal de autoatendimento. Assim você poderá resgatar seu pagamento do PIS de forma segura e eficiente!


Esperamos que as informações acima tenham sido claras e que tenha compreendido tudo. Mas caso restou alguma dúvida, por favor, deixe sua mensagem para que possamos responder o mais rápido possível.

Scroll to top